Lembro do exato instante em que conheci a cozinha. Ela sorria pra mim, suavemente iluminada e colorida. Antes mesmo de saber se aquela seria a minha futura casa, tinha certeza de que seus azulejos virariam estampa. Gosto desse bonito encontro com o que, de repente, deixa de ser banal aos meus olhos. Foi assim que eu aprendi a criar. 

O Azul me faz pensar no céu e no mar. No quarto, criamos o tom da parede misturando a tinta aos poucos, pra ficar bem clarinho. Acordar lá me traz uma paz gigante - acho que muito por causa da cor. Vestir uma peça que tenha as cores de um dia bonito é especial - te leva pra ele instantaneamente. Foi por isso que inventamos essa estampa: ela meceria e traduzia o verão. 

Esse jeito de imaginar estampas é meu preferido. Descubro por acaso e por aí: na cozinha, nos livros. no jardim. Quando me visto, levo beleza comigo. 

Nossa estampa foi desenvolvida pela artista Marianny Dallapicola, a partir das imagens do azulejo da cozinha da Luisa.

Texto por Luisa Meirelles

Fotos por Bruna Paes e Anna Carolina Simão